Márquez: “superar Agostini é muito difícil mas não impossível”


Marc Marquez acha que será muito difícil superar os números de Giacomo Agostini, o piloto mais bem sucedido da história do motociclismo. O novo octacampeão mundial, no entanto, acredita que a missão não é impossível de ser realizada.

Agostini, que conquistou impressionantes 15 títulos mundiais em diferentes categorias entre os anos 1960 e 1970 disse em uma entrevista recente que Márquez é capaz de superar seus números nos próximos anos.

Eu me dou muito bem com ele [Agostini] e ouvi essas declarações. Não gosto da palavra impossível, nunca direi, mas é quase impossível”, disse Márquez em um evento da Repsol comemorando seu oitavo título na Tailândia, domingo passado. “Significa ganhar o dobro do que consegui até agora. Eu nunca fui obcecado por um número ou um nome – eu apenas aprecio minha paixão por corridas. Sinto-me com muita sorte por ser o meu trabalho, onde tento fazer o meu melhor“, destaca.

Desde a sua estreia no campeonato mundial em 2010, Márquez abalou as estruturas do motociclismo esportivo, vencendo o campeonato em quase todos os anos, com exceção do primeiro e de 2015. Apesar disso, o espanhol acha que o campeonato atravessa uma de suas fases mais equilibradas.

Estamos em uma época na MotoGP em que a igualdade mecânica, embora os números finais do campeonato não o reflitam, é uma das melhores“, garante Márquez. “Digo isso porque existem quatro fábricas capazes de vencer corridas e lutar por um campeonato. Isso significa que existem pelo menos 8 motos com chances de ganhar corridas, algo que não havia antes“, explica. “Você precisa saber como se reinventar, aprender com veteranos como Rossi, Lorenzo ou Dovizioso e também com jovens pilotos, como Quartararo ou Viñales“.

Com oito títulos no bolso, Márquez agora só está atrás de Valentino Rossi, Mike Hailwood e Carlo Ubbiali (9 títulos), Angel Nieto (13 títulos) e Agostini (15 títulos). O italiano também lidera o número de vitórias (122), com o Doutor em segundo (115) e Nieto em terceiro (90). Márquez vem em quarto com 79 triunfos.