WSBK: Haslam é confirmado ao lado de Bautista no Mundial de Superbike em 2020


Conforme suspeitávamos, Leon Haslam foi confirmado como companheiro de Álvaro Bautista na equipe oficial da Honda no Mundial de Superbike. Os dois terão a missão de levar a nova CBR1000RR-R Fireblade ao topo do pódio em 2020.

O anúncio foi feito no estande da Honda no Salão de Milão, que apresentou oficialmente a nova motocicleta e contou ainda com a participação de outros pilotos oficiais da marca, como Marc Márquez e Jorge Lorenzo.

Para mim, ter a oportunidade de voltar à Honda e, mais importante, como piloto oficial da HRC no campeonato com uma equipe de fábrica, é como um sonho tornado realidade“, disse Leon Haslam, que já pilotou pela marca entre 2013 e 2014. “É muito emocionante estar envolvido no projeto e já estou pensando em quando posso andar na moto e chegar a Phillip Island, uma das minhas pistas favoritas, para a primeira corrida. Mal posso esperar para pilotar a CBR1000RR-R“, comentou.

A Honda voltou a competir oficialmente no Mundial de Superbike esse ano, o que não acontecia desde 2001. Por isso, eles resolveram desenvolver uma nova Fireblade capaz de disputar a vitória com a Kawasaki e a Ducati, que atualmente dominam o campeonato.

Uma nova moto significa que estamos olhando para um grande desafio, é claro, mas o projeto é extremamente profissional e todos sabemos do que a Honda e a HRC são capazes“, continuou Haslam. “O que eles conseguiram no mundo das corridas fala por si. É realmente uma oportunidade fantástica e estou pronto para dar tudo de mim, para a equipe, a empresa e todos os nossos fãs ao redor do mundo“, garante.

Com 36 anos de idade, Leon Haslam é filho de Ron Haslam, lendário piloto britânico que competiu nas décadas de 1970 e 1980. Leon também já tem um currículo de respeito, com três vitórias nas 8 Horas de Suzuka (a última esse ano, com a Kawasaki) e o título do campeonato britânico de superbikes (BSB) no ano passado.