Kawasaki vai adotar sistemas eletrônicos de segurança da Bosch


A Kawasaki irá implementar na suas motocicletas o conjunto de sistemas eletrônicos que vem sendo desenvolvido pela Bosch para aumentar a segurança dos motociclistas. Os dispositivos devem começar a aparecer em 2021.

Chamado de “Sistema Avançado de Assistência ao Piloto” (ARAS), o pacote eletrônico é uma adaptação de um dispositivo que já vem sendo empregado na indústria automobilística monitorando constantemente a estrada e seus possíveis riscos.

São três sistemas integrados ativos: o primeiro é o “Controle de Cruzeiro Adaptativo”, que permite ao piloto definir a velocidade em conformidade ao veículo que vai à sua frente. Através de uma série de sensores, a motocicleta mantém uma distância padronizada. Se ele desacelera, a moto fará o mesmo, assim como o contrário.

Já o “Sistema de Aviso de Colisão” detecta quando o veículo à sua frente pisa no freio alertando o motociclista através de avisos visuais e sonoros. Por fim, o “Sistema de Detecção de Ponto Cego” avisa quando outro veículo estiver oculto através de pequenas luzes colocadas no espelho retrovisor da moto.

Esses dispositivos já vêm sendo testados em motos Ducati e KTM nos últimos dois anos. No início de 2019, inclusive, uma Multistrada 1260 Enduro devidamente adaptada foi mostrada em uma feira de tecnologia nos Estados Unidos. Essa, no entanto é a primeira vez que vemos uma marca japonesa aderir ao projeto da Bosch.

O objetivo é reduzir um em cada sete acidentes fatais com motos, cujo índice constatado em uma recente pesquisa mostrou-se alarmante. Primeiramente inseridos na aviação, esses sistemas já são realidade nos melhores carros há mais de uma década e estarão disponíveis em algumas motos.

O novo sistema está programado para ser apresentado em 2021, embora a Kawasaki não tenha dito nada sobre qual modelo será instalado – uma motocicleta existente ou um modelo totalmente novo. Mas apostamos que será uma Big Trail ou Sport-Touring.