Kawasaki ZX-14 terá produção encerrada na Europa em 2020


A Kawasaki da Europa anunciou que vai encerrar a produção da Ninja ZX-14 ao final de 2020. A icônica Sport-Touring será definitivamente substituída pela Ninja H2 SX.

Até então, as duas motocicletas estavam coexistindo no catálogo europeu da Kawasaki, mas a chegada do Euro5 em 2020 colocará um ponto final na trajetória da Ninja ZX-14 atual, em produção ininterrupta desde 2006.

Chamada de ZZR1400 na Europa, a ZX-14 (sigla adotada nos Estados Unidos e Brasil) chegou com a missão de substituir a ZX-12 no posto de Kawasaki mais agressiva. O objetivo era oferecer uma opção frente à Suzuki GSX 1340R Hayabusa.


Em sua versão mais recente, o motor tetracilíndrico de 1.441 cm³ produz cerca de 200 cv e 16 “quilos” de torque, suficientes para empurrá-la a mais de 300 km/h, limitada eletronicamente a 299 km/h, controle que muitos proprietários dão um jeito de destravar.

No Brasil, a ZX-14 desembarcou assim que foi lançada em 2006 e permaneceu em oferta até 2014. Atualmente, a Kawasaki oferece a Ninja H2 SX (R$ 139.990,00). Sobrealimentada, a motocicleta chega a 210 cv a 11.000 rpm e 14 kgf.m a 9.500 giros.

Aos poucos as Sport-Touring que marcaram a virada do milênio vão se despedindo, vencidas pelos limites de emissões de poluentes. A Hayabusa, que continua à venda no Brasil (R$ 62.890,00) também já foi descontinuada nos principais mercados e a Yamaha já disse que o mesmo irá acontecer com a FJR1300.