BMW divulga especificações técnicas de seu novo motor “Big Boxer”


A BMW Motorrad finalmente divulgou hoje (29) todos os detalhes de seu novo motor de dois cilindros “Boxer”, bastante anunciado ao longo do ano. O propulsor de 1.802 cm³ vai equipar a nova custom da marca, R18.

Chamado internamente de “Big Boxer” nos protótipos anteriores da marca, o motor apresenta  recursos de design que já caracterizaram esse estilo de propulsor que foi a espinha dorsal da BMW, na época ainda com válvulas controladas lateralmente.

Com o trem de válvulas OHV, possui 107,1 mm de diâmetro e 100 mm de curso, com compartimentos separados para o motor e a caixa de engrenagens de seis marchas. Como opção, uma marcha à ré está disponível, com assistência elétrica.


Em contraste com os clássicos motores boxer de duas válvulas refrigerados a ar da BMW, o “Big Boxer”, tem sua cambota forjada a partir de aço temperado, com um rolamento principal adicional no meio, o que se tornou necessário para evitar vibrações indesejadas no eixo de manivela.

As duas bielas do eixo I são montadas como o eixo de manivela e também forjadas em aço temperado. Os pistões são de alumínio fundido e a superfície de contato com o cilindro possui um revestimento de NiCaSil. Outras características incluem a tecnologia de quatro válvulas, injeção e ignição dupla. A refrigeração é mista, ar/óleo com reservatório separado.


A potência máxima anunciada é de 92,2 cavalos a 4.750 rpm, enquanto que o torque máximo é de 16,1 kgf.m já a apenas 3.000 rpm. Entretanto, os engenheiros alemães afirmam que 15 kgf.m está sempre disponível entre 2.000 e 4.000 giros. A rotação total do Big Boxer é de 5.750 rpm.

A carcaça do motor dividida verticalmente é feita de alumínio, o que certamente contribuiu para o peso de 110,8 kg, incluindo a caixa de câmbio e de ar. Esperada para o Salão de Milão, a nova custom da BMW não deu as caras no evento italiano, onde a marca anunciou apenas um novo conceito, o R18/2. Sua chegada ficou para 2020.