Empresa tailandesa transforma Yamaha FJR 1300 em Café Racer


A oficina de customização tailandesa K-Speed conseguiu o que parecia impossível à primeira vista: transformar a pesada sport-touring Yamaha FJR 1300 em uma pequena e possante Café Racer. E não é que o resultado ficou muito bom?

A ideia partiu do próprio cliente, um morador da ilha paradisíaca de Phuket, que havia visto uma Honda CB1300 transformada em Café Racer e resolveu fazer o mesmo, só que com o que havia de equivalente na marca dos diapasões.

Mas enquanto a Honda CB1300 é uma naked de estilo clássico (onde é possível imaginar uma adaptação Café Racer), a Yamaha FJR 1300 é, na verdade, uma pesada sport-touring, dotada de carenagens, para-brisa e suporte para bagagens.

A motocicleta fabricada em 1998 foi totalmente desmontada e do modelo original só permaneceu parte do quadro e o motor de quatro cilindros em linha. O subchassi foi retirado e em seu lugar uma peça, bem mais curta especialmente fabricada foi colocada.


Na parte superior, encontra-se um assento de couro fino e uma rabeta de corcunda clássica para motos Café Racer. O tanque de combustível veio de uma Honda GB250 Clubman. No painel, tudo foi removido e mesas mais baixas desenvolvidas pela própria K-Speed instaladas. Manetes e manoplas vem da Biltwell Inc.

Na parte ciclística, a oficina manteve as rodas originais da FJR 1300 (que se encaixam perfeitamente na proposta), mas colocou novos pneus Metzeler Roadtec 01. O braço oscilante foi modificado para receber um amortecedor de R1. Os controles hidráulicos de embreagem e freio são da Nissin.

Como o motor tetracilíndrico de 1251 cm³ oferece bons 106 cv e 9,9 kgf.m de fábrica, a K-Speed não viu necessidade de mudá-lo, com exceção de uma nova caixa de ar e de um novo escapamento 4x1x2, mais curtos, com ponteiras “Diablo Custom”. Eles garantem que o som ficou incrível e a gente acredita.

Para finalizar, uma pintura vermelho fosco foi escolhida para combinar com as peças pretas, há pouquíssimos cromados nessa customização. O resultado é uma Café Racer limpa e elegante, que chama atenção sem gritar por isso e ainda é capaz de roncar forte e andar bem rápido. Bravo, K-Speed!