Dakar 2020: veja a última foto e o último vídeo de Paulo Gonçalves


O Rali Dakar 2020 continua embora definitivamente marcado pela trágica morte de Paulo Gonçalves, um dos pilotos mais importantes de nossa era. Veja aqui a última imagem e o último vídeo registrados pelo piloto português ainda em vida.

A imagem acima foi registrada por Florent Gooden, fotógrafo que trabalha para a ASO, a entidade que organiza e promove o Dakar na manhã do fatídico estágio 7, entre Riyadh e Wadi Al Dawasir, na Arábia Saudita.

Vinha sendo um rali extremamente duro para Gonçalves. Apenas algumas horas antes, o português havia encerrado o estágio 6 às 20h30 da noite, após trocar o motor de sua motocicleta em pleno deserto. O procedimento, nunca feito antes foi descrito em seu último vídeo (abaixo) registrado momentos após chegar ao posto de controle.


Por isso, Gonçalves buscava acelerar o máximo possível para recuperar o terreno perdido quando perdeu o controle de sua Hero no quilômetro 276 da especial. O impacto foi tão forte que o piloto de 40 anos nem conseguiu acionar o botão do socorro ficando completamente inconsciente após a queda.

Quem chamou ajuda foi o bicampeão Toby Price, que chegou logo em seguida. Infelizmente, conforme relatou, a situação era bastante desesperadora desde o início: “No início não sabia quem era, apenas soube que era um piloto caído e depois percebi depressa que era o Paulo. Vi logo que era sério, ele estava bastante mal”, disse o piloto da KTM.

“Tentei colocá-lo de lado, pois havia muita coisa de errado com as costas dele da maneira que ele estava. Depois continuamos a tentar reanimá-lo e a chamar por ajuda, e foi quando nos disseram que o helicóptero estava a caminho”, continuou Price. “Stefan Svitko parou em seguida e simplesmente tentamos tudo o que pudemos, verificamos todos os sinais vitais. Infelizmente não obtivemos qualquer reação e nessa fase apenas desejávamos que o helicóptero chegasse ali o mais depressa possível. Foram os oito minutos mais longos da minha vida, sem dúvida”.

Apenas dois anos antes, quando Price quebrou a mão na América do Sul, foi o próprio Paulo Gonçalves quem o acompanhou durante todo o processo de resgate. Assim é o Dakar. Atos de solidariedade são muito frequentes. O australiano ainda ficaria outros 20 minutos parado, até o helicóptero decolar e continuar o estágio. Felizmente a organização devolveu-lhe o tempo perdido.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Paulo Gonçalves (@goncalvesspeedy) em