Shark apresenta novo capacete modular, EVO-ES


A Shark está apresentando, essa semana, o seu mais novo capacete modular, EVO-ES. Mais acessível do que o conhecido EVO-ONE 2, o novo casco oferece a maioria dos mesmos recursos, mas com alguns ajustes para diminuir o preço.

 A concha, feita de resina termoplástica injetada, possui três entradas e duas saídas de ar e é a primeira da linha Discovery a ser desenvolvida com a tecnologia “Shark CFD” (Computational Fluid Dynamics). Está disponível em dois tamanhos, o que não é muito comum em capacetes mais acessíveis.

Em termos de design, o Shark EVO-ES realmente se destaca porque, ao contrário de outros capacetes modulares, não fica volumoso quando a parte dianteira é erguida. Em vez de ficar na testa, a peça fica mais para trás, transformando-se em uma espécie de spoiler sem arruinar as propriedades aerodinâmicas da concha.

A parte interna conta com revestimento EPS multi-densidade e a forração, com tecido antibacteriano removível e lavável, possui um recorte para receber um sistema de comunicação “Sharktooth”. Além disso EVO-ES conta com sistema “Easy Fit” que garante a utilização de óculos com algum conforto.

A viseira VZ-150 é resistente a nevoeiro e arranhões e há uma protetor solar integrado, além de fivela micrométrica, de engate rápido. O EVO-ES estará disponível em tamanhos que vão do XS (extra-pequeno) ao XL (extra-grande) com garantia de 5 anos. São 12 opções de gráficos. O preço na Europa gira em torno dos 300 euros. Sua chegada ao mercado brasileiro deve acontecer nos próximos meses.