Ducati Multistrada V4 reaparece quase pronta em novas imagens


Mais uma vez foi flagrado rodando em testes um protótipo de Ducati Multistrada, que tem tudo para ser a nova versão topo de linha da motocicleta, com o mesmo motor da superbike Panigale V4. Além disso, a crossover terá uma série de diferenciais.

Desde que o CEO da marca, Claudio Domenicali confirmou a chegada do modelo no final do ano passado, não havíamos visto mais nenhuma imagem do protótipo em testes, o que foi conseguido nas últimas semanas debaixo de muita chuva nos arredores de Bolonha.

Embora pareça semelhante às demais Multistrada em uma olhada rápida, o protótipo revela que a versão V4 terá uma série de novidades além do motor. O chassi, por exemplo, não tem nada em comum com o resto da linha.


O subchassi traseiro também é bem diferente, do tipo treliçado de aço aparafusado à estrutura principal de alumínio, tornando o motor um membro estressado. O amortecedor Öhlins é articulado diretamente ao braço-oscilante para reduzir o peso.

Sabe-se poucos detalhes a respeito do motor, mas suas dimensões parecem menores em largura, quando comparado ao atual V-Twin de 1260 cm³, o que sugere uma cilindrada menor do que os 1.103 cm³ da Panigale V4 atual.

Podemos ver, inclusive, que o radiador de óleo montado na lateral (visto através da carroceria) mostra como a Ducati está empenhada em manter toda a motocicleta compacta em termos de largura.

O protótipo em testes ostenta rodas forjadas Marchesini de 19 polegadas na frente e 17 atrás, com pinças Brembo. O para-brisa parece ser o mesmo da Multistrada Grand Tour, e o painel de TFT é maior que o atual, provavelmente sensível ao toque.

Ainda não sabemos o que a parte eletrônica nos reserva, mas tudo indica que a Multistrada V4 será o primeiro modelo com o “ARAS”, sistema de radares anticolisão que avisa se um veículo estiver se aproximando muito rapidamente da motocicleta.

A expectativa inicial era de que a nova Multistrada V4 fosse lançada no próximo Salão de Milão, mas com as preocupações e limitações do coronavírus (que parou a fábrica e adiou a chegada da Streetfighter V4 aos órgãos de imprensa) o lançamento passou a ser uma verdadeira incógnita.