Ex-campeão do AMA Superbike, Mat Mladin é preso por abuso de menor


Notícias surpreendentes é o que não faltam em 2020. Mat Mladin, um dos maiores nomes do AMA Superbike, com sete títulos norte-americanos foi preso na Austrália acusado de abusar sexualmente de uma criança com menos de 10 anos.

De acordo com o jornal “Daily Telegraph” da Austrália, Mladin foi preso no último dia 13 de março, mas posteriormente libertado sob fiança. O assunto está sendo tratado por um tribunal em Campbelltown, Nova Gales do Sul, Austrália.

Mladin começou a se destacar no final dos anos 1990 competindo pela Yoshimura Suzuki. O australiano venceu os títulos de 1999, 2000, 2001, 2003, 2004, 2005 e 2009. O domínio só foi interrompido com o aparecimento de Nicky Hayden (2002) e Ben Spies (2006).

Com Spies, Mladin estabeleceu uma intensa rivalidade, além de serem companheiros de equipe. Isso não impediu o norte-americano de conquistar os títulos de 2006, 2007 e 2008. Quando Spies foi para o Mundial de Superbike, Mladin foi campeão novamente em 2009, antes de se aposentar.

Ele retornou à Austrália e se aposentou do motociclismo, fechando sua concessionária Suzuki e negócios de importação.Mas, nos últimos anos voltou ao paddock, como patrocinador do jovem piloto australiano de Supersport e Superbike, Max Crocker.