Honda CBR250RR terá aumento de potência para enfrentar Kawasaki ZX-25R


A Kawasaki Ninja ZX-25R chegou impactando e a primeira a sentir o golpe foi a Honda. A marca da asa já confirmou que a CBR250RR receberá um boost de potência para rivalizar com a 250cc de quatro cilindros.

Revelada na Tailândia em 2016, a CBR250RR é uma motocicleta totalmente diferente daquela que foi importada pela Honda do Brasil no começo da década. Com um motor de dois cilindros em linha, DOHC e 8 válvulas, a potência chega a 36 cv a 12.500 rpm, com um torque máximo de 2,3 kgf.m a 10.500 giros.

O chassi e a parte ciclística também são outros, com uma suspensão dianteira invertida e um braço oscilante de alumínio. A parte eletrônica é no capricho, com acelerador eletrônico ‘Throttle-by-Wire’ (TBW) e três modos de pilotagem. Infelizmente, o foguetinho só está disponível na Ásia.


Mas a chegada da Kawasaki Ninja ZX-25R, no Salão de Tóquio, em outubro do ano passado, causou um grande impacto. Seu motor de quatro cilindros em linha é capaz de fornecer 45 cv de potência e 3,3 kgf.m de torque, além de ter uma aceleração estonteante chegando aos 17.000 rpm

De acordo com fontes asiáticas, a Honda CBR250RR de 2020 terá um motor com pistões aprimorados capazes de elevar a potência para até 40 cv, ainda menos do que a Ninja ZX-25R, mas sem dúvida uma notável melhora.  Além disso, a parte eletrônica ficará ainda mais completa ganhando embreagem deslizante e quickshifter bidirecional.

A Honda pretendia realizar a apresentação da nova CBR250RR modelo 2020 no Salão de Osaka, que deveria começar amanhã, 27 de março, se o coronavírus não tivesse estragado tudo. Estamos no aguardo de como a marca japonesa fará a sua revelação nessa nova realidade em que nos encontramos.