GP da França é adiado por tempo indeterminado


Conforme já se esperava, os organizadores do GP da França anunciaram hoje (2) o adiamento da corrida de MotoGP que deveria acontecer no circuito de Le Mans em 17 de maio. O país é um dos mais afetados pela pandemia de coronavírus.

Marc Márquez, Andrea Dovizioso e Valentino Rossi no GP da França de 2019. (MotoGP)

Apenas ontem (1º), 509 pessoas pereceram de COVID-19 elevando o total de óbitos no país para mais de 4.000. A França é o quarto país a ultrapassar a marca, depois de Itália, Espanha e Estados Unidos. Os franceses estão de quarentena há três semanas.

A FIM, a IRTA e a Dorna Sports lamentam anunciar o adiamento do SHARK Helmets Grand Prix de France, que aconteceria no circuito Bugatti em Le Mans, de 15 a 17 de maio. O atual surto de coronavírus obrigou o evento a ser remarcado“, disse a Dorna Sports, entidade que regulamenta e promove a MotoGP.

“Como a situação permanece em constante evolução, novas datas para o GP da França e o recém adiado Gran Premio Red Bull de España não podem ser confirmadas até que fique mais claro quando exatamente será possível realizar os eventos“, reconheceram. “Um calendário revisado será publicado assim que disponível“.

A expectativa é de que mais adiamentos sejam anunciados, porque a próxima etapa é justamente o Grande Prêmio da Itália (31/05), no circuito de Mugello. Depois, o GP da Catalunha, nas proximidades de Barcelona, Espanha (07/06). Em seguida, Sachsenring, na Alemanha (21/06) e Assen, na Holanda (28/06).