MotoGP: KTM anuncia Oliveira na equipe oficial e Petrucci na Tech3 para 2021


A KTM anunciou hoje (25) a formação completa de pilotos de MotoGP para 2021. O português Miguel Oliveira foi promovido à equipe principal enquanto que Danilo Petrucci correrá no seu lugar na Tech3.

Oliveira substitui Pol Espargaró, que provavelmente será anunciado como novo piloto da Repsol-Honda em Breve. Ao seu lado continua o sul-africano Brad Binder, campeão da Moto3 em 2016 que chegou esse ano à Categoria Rainha.

Estou muito feliz com a oportunidade que a KTM me deu nos próximos dois anos. Eu sinto que eles confiam em mim para mostrar meu valor como piloto neste projeto“, disse Oliveira. “Desde o primeiro dia, dei o meu melhor com a moto e acreditei em seu potencial para obter bons resultados, e é isso que queremos oferecer em um futuro próximo. Acho que estamos no lugar certo para fazê-lo e para que eu me desenvolva como piloto. É uma ótima, ótima oportunidade. Ainda precisamos nos concentrar em 2020, mas me sinto grato por esse grande desafio“.


Enquanto isso, na equipe satélite Tech3, a novidade é a chegada de Danilo Petrucci. O piloto italiano já havia anunciado a sua saída da Ducati e fora visto na fábrica da KTM em Mattighofen, Áustria, nas últimas semanas.

Ao seu lado, Petrucci terá como companheiro de equipe Iker Lecuona, que também já estava escalado em 2020. O espanhol de apenas 20 anos é considerado um dos pilotos mais promissores da nova geração.

Danilo é um homem que eu respeito muito. Ele é um cara ‘normal’, que sempre diz olá a todos, que tem muito carisma e um ótimo senso de humor“, comentou o chefe da Tech3, Hervé Poncharal. “Além disso – e talvez ainda mais importante – ele também é um piloto que corre pela equipe e é um vencedor de MotoGP“.

Tudo isso, no entanto, é apenas para 2021. Na temporada 2020 que deve iniciar dentro de um mês, na Espanha, a KTM correrá com Pol Espargaró e Brad Binder na equipe principal e Miguel Oliveira e Iker Lecuona na satélite Tech3.