Empresário de Dovizioso: “um acordo deve ser alcançado”


O empresário de Andrea Dovizioso, Simone Bastitella está confiante de que o seu cliente irá concluir um novo contrato com a Ducati em breve. Ele garante que o piloto de 34 anos segue motivado, apesar dos boatos.

Dovizioso tem sido alvo de especulações nas últimas semanas. Com as negociações com a Ducati em ponto-morto, alguns afirmam que o italiano perdera a motivação. Bastitella, no entanto, afirma que não é bem assim.

Em maio, uma possível oferta foi feita. Mas primeiro tivemos que resolver a situação contratual de 2020. Fechamos um acordo verbal e rapidamente chegamos a um acordo. Agora temos que começar a conversar sobre renovação, se houver vontade de ambos os lados, estamos prontos para isso“, explicou Bastitella ao Moto.it.


Bastitella garante que reduzir o salário não é um problema para Dovizioso: “Em 2017, ele não teve problemas em aceitar um contrato inferior ao do ano anterior. O problema foram outras questões abordadas, que podem ter dificultado a renovação de 2021 e 2022“. E concorda que a situação é atípica por causa do Coronavírus: “agora há muito menos dinheiro disponível“, reconhece.

Sobre os rumores de que a Ducati estaria conversando com Jorge Lorenzo, Bastitella não confirma nem desmente: “É normal que os fabricantes conversem com os pilotos durante esse período. Estamos em uma situação anormal em comparação com o passado, mas Andrea está altamente motivado e ansioso para correr“, garante. “Está claro que essa união deve ser selada agora. Um acordo deve ser alcançado“, aposta.