Na China, Benelli anuncia moto de quatro cilindros 1000cc e uma série de novidades


Na semana passada, antecipamos que a Benelli iria apresentar um novo motor de 4 cilindros na China. E a marca italiana não apenas confirmou a chegada dele como também de uma moto de 1000cc e uma série de novidades em parceria com a Qianjiang e MV Agusta.

Na ocasião dissemos que o dito motor parecia ter semelhanças com uma unidade antiga que era utilizada pela MV Agusta. Não por acaso, a marca de Varese anunciou hoje (21), uma parceria com a fabricante chinesa Qianjiang Motor, para distribuir as máquinas italianas no país e uma colaboração industrial.

Só que a Qianjiang também é proprietária da Benelli, que também vai se beneficiar da parceria com a MV Agusta. Durante o fim de semana, no China International Motorcycle Trade Exhibition (CIMA), a marca italiana mostrou um slide em que revelou os planos de ter quatro famílias de motores.


Na parte inferior da linha, há uma variedade de motores monocilíndricos de 250, 380 e 530cc. Subindo, há bicilíndricos com refrigeração líquida de 400, 700 e 900cc e tricilíndricos de 900 e 1200cc. No topo, a marca italiana anunciou que fará quatro 650cc e quatro de 1000cc, ambas tetracilíndricas.

É provável que as 650cc sejam as novas SRG600 e SRK600, com a cilindrada aumentada para compensar qualquer perda de potência ocasionada pelo Euro5. Já as de 1000cc provavelmente terão os propulsores utilizados pela geração anterior da MV Agusta Brutale e F4, devidamente atualizados, para as leis ambientais vigentes.

Além desses planos, a Benelli também apresentou a nova sport-touring 1200GT e o renascimento da naked TNT899. O curioso no meio disso tudo é que a Qianjiang também mantém uma parecia com a Harley-Davidson, que resultou na criação da nova 338R. Vai ser interessante ver como essas quatro marcas interagem juntas no mercado chinês.