BMW M1000RR: o que oferece a mais?


Ontem (23) foi um bom dia para os fãs de motos esportivas, especialmente da BMW, com o lançamento da novíssima M1000RR. Então demos um mergulho mais profundo nas especificações técnicas e recursos que a superbike oferece.

Tecnicamente, a motocicleta é uma versão de homologação da S1000RR, necessária para que a BMW pudesse competir no Mundial de Superbike (WorldSBK). Serão produzidas 500 unidades (o número mínimo) e abaixo dos 40 mil euros (o teto máximo).

Supostamente, a M1000RR oferece a experiência de pilotagem mais próxima possível das máquinas do WorldSBK. Ao mesmo tempo, eles pegam uma carona no prestígio que a sigla M significa ao batizar os carros mais esportivos da marca desde o BMW M1 Procar em 1978.

Quem deve ter ficado particularmente feliz com o lançamento é Tom Sykes, campeão mundial de 2013 e atual líder da BMW no WorldSBK. Embora a atual S1000RR tenha tido sucesso limitado até agora, a iniciativa da marca claramente está lançando um desafio para a Kawasaki e Ducati, que dominam o certame.


Mudanças de destaque na BMW M 1000 RR

  • O motor de quatro cilindros em linha é derivado direto daquele que compete no campeonato. Isso significa mais potência de pico, torque mais alto na faixa de rotações e 500 rotações a mais. Agora são 212 cv a 14.500 rpm e 11,5 kgf.m a 11.000 rpm.
  • Para fazer o motor girar mais alto sem comprometer a durabilidade, eles instalaram novos pistões forjados de 2 anéis, 12 gramas mais leve, uma câmara de combustão adaptada e taxa de compressão aumentada para 13,5: 1. Além disso, foram adicionados balancins mais finos e leves.
  • Sistema de admissão diferenciado, com funis de admissão mais curtos para otimizar o fluxo dos gases em altas velocidades de rotação.
  • As portas de admissão são totalmente usinadas, com nova geometria de duto e tecnologia BMW ShiftCam para variar o tempo de controle e levantamento das válvulas. Estas são de titânio, com um novo conjunto de molas, mais estreitas, balancins 6% mais leves e eixos de comando otimizados.
  • O bloco do motor é muito leve e compacto, com bielas de titânio da Pankl, mais compridas e 85 gramas mais leves, para potência de fricção reduzida e menos peso. Nova embreagem antisalto com autoreforço, para melhorar o desempenho nas largadas, auxiliado pelo launch control.
  • Novo sistema de exaustão Akrapovic 3,6 quilos, mais leve, com coletor de escapamento, silenciador frontal e silenciador traseiro inteiramente de titânio.
  • Na aerodinâmica, a M1000RR conta com um para-brisa mais alto e adoção de winglets nas duas laterais, o que melhora estabilidade nas curvas e gera uma força descendente de até 16,3 kg a 300 km/h.
  • Na eletrônica, novos modos de pilotagem Rain, Road, Dynamic, Race e Race Pro1-3, disponível apenas para pista e oferece duas curvas de aceleração ajustáveis e do freio motor em três níveis. Ultima geração do controle de tração (DTC) e do DTC wheelie. IMU de seis eixos inerciais.
  • Quickshifter Pro para mudar as marchas para cima e para baixo sem a utilização da embreagem, com uma reversibilidade mais simples do padrão escolhido para uso em pista de corrida.


BMW M1000RR – Ficha Técnica completa
Motor
Deslocamento 999cc
Diâmetro/Curso (mm) 80/49,7
Potência 212 cv a 14.500 rpm
Torque 11,5 kgf.m a 11.000 rpm
Taxa de compressão 13,5: 1
Alimentação Injeção eletrônica, tubo de entrada variável
Controle de emissões Conversores catalíticos de 3 vias de circuito fechado, padrão Euro5
Desempenho/consumo de combustível
Velocidade máxima 305 km/h
Consumo de combustível por 100 km com base no WMTC 6,5 litros
Emissão de CO² com base no WMTC 151 g/km
Tipo de combustível adequado Sem chumbo (premium), número de octanagens 95 – 98 (RON)

(controle de detonação; saída nominal em 98 RON)

Sistema elétrico
Alternador 450 watts
Bateria “M Lightweight” 12 V / 5 Ah, íons de lítio
Transmissão
Embreagem Embreagem Muldisco em banho de óleo, anti salto, com auto reforço
Caixa de velocidades Câmbio de 6 velocidades com engrenagens de corte reto
Corrente/Pinhão/Coroa Corrente de passo 525 17/46
Controle de tração BMW Motorrad DTC
Chassi
Quadro Estrutura tipo ponte, alumínio fundido, motor como membro estressado
Suspensão dianteira/viagem Garfo telescópico invertido com diâmetro de 45 mm, compressão, rebote, pré-carga ajustáveis, 120 mm
Suspensão traseira/viagem Braço oscilante de alumínio, full floater pro, amortecedor com compressão e rebote ajustável, pré-carga ajustável, 117 mm
Distância entre eixos 1.457 mm
Cáster 99,8 mm
Ângulo de direção 66,4°
Rodas Rodas de carbono M
Dimensões da roda dianteira 3,50 x 17 “
Dimensões da roda traseira 6,00 x 17 “
Pneu dianteiro 120/70 ZR 17
Pneu traseiro 200/55 ZR 17
Freio dianteiro Discos duplo de 320mm, pinça fixa “M Brake” de 4 pistões
Freio traseiro Disco único de 220mm, pinça fixa de 2 pistões
ABS BMW Motorrad Race ABS Pro (parte integrante), modos para selecionar
ABS Pro Configurações do ABS Pro para modo RAIN, ROAD, DYNAMIC, sem ABS Pro no modo RACE e Race Pro 1-3
Pesos e dimensões
Altura do assento 832 mm
Curva interna da perna 1.845 mm
Volume do tanque de combustível 16,5 litros
Reserva Cerca de 4,1 litros
comprimento 2.073 mm
Altura – espelhos exc 1.197 mm
Largura – espelhos exc 848mm
Peso a seco 170 kg (M Competition Package 169,8 kg) sem bateria
Peso em ordem de marcha 192 kg (Pacote de Competição M 191,8 kg)
Peso total permitido 407 kg
Peso total (com todos os equipamentos obrigatórios) 212 kg