Honda apresenta Forza 750 e linha de scooters renovada para 2021


A Honda apresentou hoje (14) o Forza 750, novo maxiscooter para o mercado asiático e europeu. Além disso, a linha recebeu uma reformulação radical, com modelos de pequena, média e grande capacidade.

Confirmando as expectativas anteriores, o novo Forza 750 é impulsionado pelo mesmo motor de dois cilindros em linha e 745 cm³ que equipa a NC750X e o X-ADV. A potência anunciada é de 57,8 cv a 6.750 rpm e 69 Nm a 4.750 giros. Também haverá uma versão de 48 cv para enquadrar-se na categoria A2 da Europa.

O Forza 750 também possui o mesmo câmbio de dupla embreagem (DCT), que dá opção de conduzi-la de modo automático ou manual, nesse caso com seis marchas. As trocas são feitas em uma borboleta no punho esquerdo. Se no Brasil a tecnologia não pegou, na Europa já foram vendidos mais de 140.000 modelos desde sua introdução em 2010.


Na parte ciclística, o Forza 750 conta com quadro do tipo diamond tubular de aço e garfos invertidos de 41mm e 120mm de curso. A roda dianteira conta com pneus esportivos Pirelli Diablo Corsa, 120/70 R17, discos de freio de 310mm e pinças radiais Nissin de quatro pistões. A roda traseira mede 160/60 R15 com amortecedor Pro-Link.

A Honda caprichou na eletrônica, que conta com acelerador ride-by-wire, ​​três modos de pilotagem (Rain, Standard, Sport), além de um modo personalizável, três níveis de controle de tração (que pode ser desligado) e ABS. O painel TFT de 5 polegadas tem comando de voz e a chave é do tipo presencial (Smart Key). A iluminação é toda de LED, com função parada de emergência.

Sob o assento, há espaço para 21 litros, o equivalente a um capacete integral. O compartimento ainda contém uma entrada USB com força suficiente para carregar o smartphone. Há também um porta-luvas no painel. O para-brisa garante conforto contra o vento na estrada e estribos estendidos permitem esticar as pernas. A altura do assento é de apenas 790 mm e cabem 13,2 litros no depósito de combustível.


O Honda Forza 750 visa substituir o Integra em solo europeu e será disponibilizado em quatro cores: azul metálico, vermelho metálico, prata e preto grafite. Como opcionais, a marca japonesa ainda oferece manoplas com aquecimento, proteções para as pernas, vários tipos de topcase (até 50 litros) e malas laterais (direito 26 litros, esquerdo 33 litros). O preço ainda não foi revelado.

Além do Forza 750, a Honda também anunciou o Forza 125, que recebeu uma série de atualizações estéticas e um novo para-brisa 40mm mais alto. Também revelaram o Forza 350 que, além do facelift, recebeu o mesmo para-brisa e um motor com 30cc a mais. O objetivo é substituir o atual Forza 300.

Honda Forza 750 – Ficha Técnica
MOTOR
Tipo 2 cilindros em linha, 4 tempos, SOHC, refrigeração líquida
Deslocamento 745 cm³
Diâmetro x curso 77 x 80 mm
Taxa de compressão 10,7: 01
Potência máxima 57,8 cv a 6.750 rpm
Torque máximo 69 Nm a 4.750 rpm
Embreagem Múltiplos discos hidráulicos úmidos
Tipo de transmissão DCT
Caixa de velocidade Seis velocidades
Transmissão final Corrente
Ciclística
Chassis Diamond, tubular de aço
Sistema de suspensão dianteira Garfos telescópicos invertidos de 41 mm de diâmetro
Curso 120 mm
Suspensão traseira Monochoque Pro-Link
Curso 120 mm
Freio dianteiro Disco duplo hidráulico com pinça radial de quatro pistões, 310 mm
Freio traseiro Disco hidráulico com pinça de pistão único, 240 mm
Pneu dianteiro 120/70-17
Pneu traseiro 160/60-15
DIMENSÕES
Comprimento total 2.200 mm
Largura 790 mm
Altura 1.484 mm
Altura do assento 790 mm
Distância entre eixos 1.580 mm
Peso em ordem de marcha 235 kg
Tanque de combustível 13,2 litros
PREÇO ND