WorldSBK: Rea quebra recorde de Jerez com a nova ZX-10RR


Parece que a nova Kawasaki Ninja ZX-10RR começou bem sua história nas pistas, porque em seu primeiro dia de testes ontem (18), Jonathan Rea conseguiu quebrar o recorde do circuito de Jerez e foi mais rápido do que Stefan Bradl com uma MotoGP.

O modelo 2021 da superbike foi revelado ainda nas primeiras horas da manhã e causou um rebuliço com o seu conjunto óptico frontal inspirado na linha H2 e radicalmente diferente do anterior. A versão de rua vai ser apresentada oficialmente na próxima segunda-feira (23).

Rea aproveitou o dia de bom clima e temperatura amena para percorrer 72 voltas no circuito andaluz, a melhor delas em 1min38s324 superando o recorde anterior de Álvaro Bautista com a Ducati Panigale V4 em 2019. O britânico também superou o tempo de Stefan Bradl (1min38s340), que estava realizando testes com uma RC213V.

Cerca de meio segundo atrás vieram os outros competidores do Mundial de Superbike, liderados por Toprak Razgatlioglu (Yamaha) que marcou 1min38s855 após 29 voltas e Alex Lowes (Kawasaki), que estabeleceu 1min38s887 com a ZX-10RR antiga. Garrett Gerloff colocou a segunda Yamaha R1 na quarta posição.

A primeira Honda CBR1000RR-R apareceu apenas em sexto com Leon Haslam, que marcou a melhor volta em 1min39s852. Álvaro Bautista ficou em oitavo com 1min40s232. Vale lembrar que somente 11 pilotos do WorldSBK participaram dos testes e a Kawasaki foi a única equipe a colocar o modelo 2021 na pista.

Testes de Jerez – Dia 2

01. Jonathan Rea (Kawasaki) – 1’38.324s
02. Toprak Razgatlioglu (Yamaha) – +0.515s
03. Alex Lowes (Kawasaki) +0.562s
04. Garrett Gerloff (GRT Yamaha) +0.847s
05. Leon Haslam (Honda) +1.527s
06. Andrea Locatelli (PATA Yamaha) +1.553s
07. Lucas Mathias (Pucetti Kawasaki) +1.870s
08. Álvaro Bautista (Honda) +1.907s
09. Kohta Nozane (GTR Yamaha) +2.345s
10. Isaac Viñales (ORELAC Racing VerdNatura) +2.568s