MotoGP: Gresini apresenta melhora, mas continua em estado grave


Notícias reconfortantes chegam da unidade de terapia intensiva do hospital Maggiore Carlo Alberto Pizzardi, em Bolonha. Fausto Gresini está consciente e em condições estáveis, embora o quadro continue sério.

Após contrair Covid-19, Gresini precisou ser hospitalizado no dia 27 de dezembro com um quadro de grave insuficiência respiratória. Após a transferência para um segundo hospital, em Bolonha, o dirigente foi entubado e posto em coma induzido.

Nos últimos dias, no entanto, sua situação melhorou o suficiente para fosse possível recobrar a consciência, embora permaneça com o auxílio de ventilação mecânica. O dirigente até já participou de uma videochamada no aniversário da sua filha e hoje recebeu a visita da sua esposa pela primeira vez desde 27 de dezembro.

As condições clínicas gerais de F. Gresini estão melhorando, embora ainda sejam frágeis. Ainda é necessário manter a respiração controlada por máquina para garantir uma boa oxigenação do sangue. Porém, a estabilidade clínica permitiu moderar a sedação e mantê-lo consciente“, explicou o Dr. Nicola Cilloni.

Cilloni aproveitou para elogiar o comportamento de Gresini: “Ele está acordado e muito cooperativo, ainda auxiliado pela máquina de respiração, mas já iniciou a fisioterapia. A visita de hoje da sua esposa Nádia, a quem acolheu com grande emoção, certamente reforçou a grande determinação que o distingue”, disse.

Gresini é o fundador da equipe independente que leva o seu nome desde 1997. A partir de 2015 sua estrutura fundiu-se com a Aprilia Racing, que voltarão a se separar a partir de 2022. Mais atualizações em breve.