MotoGP: testes de Sepang são oficialmente cancelados


A Dorna, entidade que promove a MotoGP, ao lado da associação das equipes (IRTA) e da Federação Internacional de Motociclismo (FIM) anunciou hoje (12) o cancelamento dos testes coletivos de Sepang, que aconteceriam entre 14 e 21 de fevereiro. O motivo foram os últimos anúncios do governo malaio para conter a pandemia.

Com mais de 2.000 novos casos por dia desde o início de 2021 e um total de 550 mortes por Covid-19, a Malásia decretou estado de emergência até agosto, medidas que impedem a realização de eventos que causam aglomerações, como atividades religiosas, esportivas ou culturais. Só estão autorizadas a abertura de supermercados e estabelecimentos que comercializam produtos essenciais.

Além disso, o país asiático manterá suas fronteiras temporariamente fechadas com exceção de residentes e passageiros com autorização temporária de trabalho, o que naturalmente impossibilita a logística de material e pessoal necessário para os testes. A mais afetada é a equipe Petronas Yamaha, que contava com os testes para realizar uma grande apresentação com seu novo piloto, Valentino Rossi.


Por outro lado, a IRTA e Dorna já anunciaram que o teste do Catar, que acontece entre 10 e 12 de março no Circuito Internacional de Losail permanece confirmado, embora as datas ainda possam mudar em virtude do cancelamento dos testes de Sepang.

Nos últimos dias também se ventilou a possibilidade de testes serem realizados em Jerez, na Espanha, circuito bem conhecido de todos os participantes e muito mais próximo da base das equipes, quase todas sediadas na Europa. Além disso, a localização da pista, no sul do país, permitiria um clima menos frio nessa época do ano.