Harley-Davidson garante presença no Salão Duas Rodas 2021


Depois de se ausentar da edição 2019 do Salão Duas Rodas, a Harley-Davidson já garantiu presença na edição 2021 do evento, que deve acontecer em novembro. O anúncio é visto como um sinal de comprometimento com o mercado brasileiro, após a surpreendente retirada da Ford.

Na última segunda-feira (11), a Ford chocou ao anunciar o fechamento de suas três fábricas no Brasil. A montadora norte-americana, com mais de 100 anos de presença no país, vai apenas disponibilizar modelos importados da Argentina e do México, que manterão suas unidades febris, além de garantir a assistência técnica.

Como bem sabemos, a Harley-Davidson também passa por um momento de reestruturação para conter as perdas financeiras cada vez maiores nos últimos cinco anos. Recentemente eles anunciaram a saída da Índia e de outros 39 países. Embora não tenha sido específica, o Brasil não estava entre eles.


A Harley-Davidson reitera que acredita e investe no mercado brasileiro e segue operando normalmente em Manaus (AM) com a produção local de motocicletas“, disse a marca de Milwaukee através de um comunicado assinado pelo novo diretor geral da América Latina, John Klein, no final de dezembro.

O comunicado termina com a Harley-Davidson afirmando que está “avaliando o line-up de novos modelos no Brasil e comunicará mais detalhes em momento oportuno“. Na Europa, a linha Sportster e parte da linha Softail deixou de ser produzida por não atender aos limites de emissões do Euro5. Em 19 de janeiro eles vão apresentar o catálogo 2021 nos EUA.

O retorno da Harley-Davidson é a confirmação de que a edição passada foi um sucesso, além de um reconhecimento do Salão Duas Rodas como uma importante plataforma de interação com o público apaixonado por motos“, disse Lucas Pimentel, gerente da Reed Exhibitions, empresa que organiza o evento, que deve acontecer entre 16 e 21 de novembro em São Paulo (SP).