Aprilia se retira oficialmente do World Superbike

A Aprilia anunciou hoje (21) que não vai ter equipe oficial no World Superbike a partir da próxima temporada. Os italianos afirmam que querem se concentrar totalmente na MotoGP em 2016.

Leon Haslam 2015A informação foi veiculada pelo site francês Acid Moto, citando uma declaração do chefe da divisão esportiva da Aprilia, Romano Albesiano. O dirigente afirma que as moto (RSV4) continuarão competindo, mas por equipes privadas.

“A Superbike tem desempenhado um papel importante na história da Aprilia, mas no próximo ano não teremos uma equipe de fábrica. Os esforços exigidos pelo projeto de MotoGP são tão grandes que eles exigem nosso pleno comprometimento. MotoGP é o nosso futuro.” (Romano Albesiano, chefe da Aprilia)

Depois de ter sido campeã em 2010 e 2012 com Max Biaggi, a Aprilia ainda venceu o World Superbike em 2014 com o francês Sylvain Guintoli. Entretanto, a marca de Noale decidiu entrar na MotoGP, levando alguns técnicos para a categoria rainha.

Isso fez com que o desempenho no World Superbike ficasse consideravelmente mais modesto nessa temporada. Apenas uma vitória foi conquistada, com Leon Haslam, na primeira rodada na Austrália. No resto do ano, foram superados pela Kawasaki e pela Ducati.

Na MotoGP, os resultados tem sido fracos. Apenas 25 pontos foram marcados, por Álvaro Bautista e Stefan Bradl. O alemão, inclusive assumiu o lugar do italiano Marco Melandri a partir do GP de Indianápolis.

Deixe uma resposta