Vídeo: veja como funciona o sistema MIPS nos capacetes


Você já ouviu falar de MIPS? A tecnologia presente em alguns capacetes como nos Bell foi desenvolvida para reduzir as forças de impacto sofridas pela cabeça e nesse vídeo você vê exatamente como funciona.

Sigla para “Sistema de Proteção de Impacto Multidirecional”, o MIPS consiste de uma espécie de calota baixa fricção que permite que a cabeça deslize de 10 a 15 mm em qualquer direção ao longo da concha reduzindo o movimento rotacional que o cérebro precisa suportar.

As estatísticas de lesões mostram que, quando você cai e bate com a cabeça, é mais comum cair em um ângulo agudo, em vez de uma queda linear. Em um impacto em ângulo, a forças transferidas para o cérebro podem causar lesões graves. O MIPS ajuda a reduzir consideravelmente esses efeitos.

Mas ao contrário do que se imagina, o MIPS não é uma tecnologia da Bell. É uma empresa a parte e a tecnologia está presente em 103 marcas de distintos setores, como Alpinestars, Cannondale, KTM, Sena, Trek e outras. O melhor de tudo é que pode ser inserido em todos os tipos de capacetes.